Submenu

Participação Governamental

O objetivo mais importante de qualquer trabalho estatístico é a obtenção de dados corretamente coletados, precisos, verdadeiros e que venham a ter utilidade para toda a sociedade. Isso se torna ainda mais relevante quando se trata de um Censo Demográfico, ou seja, quando o beneficiado pelos resultados da ação é uma população de cerca de 212 milhões de habitantes.

O IBGE espera contar com o envolvimento ativo dos governos estaduais e municipais, desde a etapa de planejamento até a execução da fase de coleta de dados do Censo Demográfico 2020. Na fase de preparação, em particular, a atualização da Base Territorial - descritores de divisas, mapas e cadastros - é uma tarefa pesada e dispendiosa. A parceria com prefeituras e órgãos estaduais de planejamento constitui, sobretudo nesta etapa, elemento fundamental para o sucesso de um censo. Essas instituições dispõem de mapas municipais e cadastrais (zonas urbanizadas) mais atualizados que aqueles que o IBGE possui. Isto é, possuem um material que reflete melhor a realidade local, garantindo em grande parte a qualidade das informações coletadas, evitando omissões na cobertura da área do município, agilizando a coleta e reduzindo os custos da operação.

Ressalte-se que os resultados do Censo Demográfico têm sua relevância reforçada se forem tomadas em conta as implicações do uso destas informações e das projeções de população que se fazem a partir deles, durante uma década, para a distribuição dos Fundos de Participação de Estados e Municípios.