Escolas públicas, postos de saúde e até ônibus vão divulgar informações sobre o Censo 2020 em Curitiba

Editoria: Censo 2020 | Da redação

02/12/2019 16h36 | Atualizado em 02/12/2019 16h36

A Prefeitura de Curitiba, no Paraná, vai ceder ao IBGE locais para treinamento dos recenseadores e para a instalação de postos de coleta, na cidade, durante o Censo Demográfico 2020. O governo também vai apoiar ações de divulgação nas escolas, postos de saúde e até em ônibus. O apoio foi firmado durante a primeira Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo (REPAC), realizada no dia 22 de novembro, na capital paranaense.

Participaram do encontro representantes da Câmara de Vereadores, da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação, Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), do Instituto Municipal de Turismo e do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

O chefe da Unidade Estadual o IBGE no Paraná (UE/PR), Sinval Santos, destacou que a Secretaria de Educação e o Instituto Municipal de Turismo se comprometeram a verificar a disponibilidade de lugares para a realização dos treinamentos nas suas diversas etapas. Já o Ippuc se comprometeu a realizar o levantamento de locais para instalação dos 27 postos de coleta em Curitiba, junto aos órgãos municipais.

A Cohab, através de suas regionais, a Secretaria Municipal de Saúde, nos postos de saúde, a Secretaria de Educação, nas escolas, e a Comec, nos ônibus, vão divulgar informações sobre o Censo, inclusive sobre os processos seletivos para contratação temporária de pessoal.

Dos técnicos do IBGE, participaram da reunião o coordenador operacional, Elias Guilherme Ricardo, o coordenador técnico, Flavio Roberto Schuler de Oliveira, o coordenador da base territorial, Luiz Augusto Loyola Macedo, a coordenadora de treinamento, Erlete Luiza Schecheli, e os coordenadores de àreas da Agência Curitiba - Centro, Fabrício Leopoldo Fagundes da Silva, e da Agência Curitiba - Bacacheri, Edislei Maria de Jesus.