Começa a coleta da Pesquisa de Pós-Enumeração do Censo Experimental em Poços de Caldas

Editoria: Censo 2020 | Da redação

08/11/2019 17h42 | Atualizado em 11/11/2019 16h10

A Pesquisa de Pós-Enumeração (PPE), usada para avaliar a cobertura e a qualidade da coleta de dados de um estudo censitário, começou no dia 7 de novembro em Poços de Caldas, interior de Minas Gerais, onde acontece Censo Experimental realizado pelo IBGE. O Censo Experimental é o grande ensaio para o Censo Demográfico que será realizado em todo o país em 2020.

Em Poços de Caldas, a coleta para a PPE será realizada em dez setores censitários previamente selecionados. A equipe é composta por dois supervisores, dez recenseadores, o coordenador da PPE em Minas Gerais, Lucas Almeida Silveira, além do técnico responsável pelos trabalhos de reconciliação, Luiz Gustavo Gazzola Santana. A pesquisa tem um questionário único, a ser aplicado por meio de entrevista presencial e registrada no Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), aparelho usado pelos recenseadores para preencher os formulários da pesquisa.

Pesquisas de Pós-Enumeração (PPE) fazem parte dos censos demográficos de diversos países. Desde o Censo de 1970, o IBGE realiza pesquisas dessa natureza em suas operações censitárias para verificar falhas de cobertura e potencializar o uso das informações censitárias. A PPE não supervisiona a coleta dos dados, mas mede sua cobertura e qualidade. Ela é independente do Censo. A coleta de cada setor pré-selecionado para a PPE é iniciada quando os setores já estiverem completamente coletados e supervisionados pelo Censo.

Em 2020, a PPE será realizada em cerca de 4.800 setores censitários, espalhados por todos os estados do país e o Distrito Federal. Para isso, contará com uma equipe de 27 coordenadores estaduais, assistentes da coordenação, cerca de 1.200 supervisores, além de milhares de recenseadores.

As etapas de coleta e supervisão da PPE devem ser concluídas em dezembro de 2019. Após essa fase, será feita a comparação das informações apuradas pela PPE com as coletadas pelo Censo Demográfico. A etapa seguinte, chamada reconciliação de campo, confirmará a origem de eventuais divergências entre as informações coletadas no Censo e na PPE.